sábado, 7 de junho de 2014

Vento Bailador Efigenia Coutinho & Luiz Poeta



Vento Bailador

Em todo amanhecer e anoitecer,
minha alma de corpo presente,
sente passar um vento bailador
trazendo em suas asas
um terno amor...

Na alegria entrelaço
meus pensamentos ao som
da dança entre ás estrelas.
E tão visível é meu sorriso,
tão claros meus devaneios.
que ao meu riso me sorris
adivinhando-me por inteiro.

Ah! vento bailador,
nenhum teve igual encantamento
como o teu .Com ervada flecha
certeira e falaz, me cravou
o peito,deixando todo seu amor.

Esta magia me pertence,
dentro d`alma deixei que
se aninhasse.
Trazendo  tua voz,
desenhando barulhos de ramos,
e bendizendo para o tempo
os momentos em que nos amamos!

Efigênia  Coutinho (Mallemont)
 Camboriú, 2000 Outubro 

      
    ASAS DE PASSARINHO 
Luiz Poeta ( sbacem - rj ) -
Luiz Gilberto de Barros
às 12 h e 36 min do Rio de Janeiro,
Brasil, especialmente para minha
eterna irmã de lirismo e sentimentos
Efigênia Coutinho.

Quando no vento tu voas
Com asas de passarinho,
O amor te mostra um caminho
Dentro da tua alma boa.

E o faz com tanto carinho,
Que uma palavra ressoa
Sutil e logo povoa
Teu peito... devagarzinho.

Teu corpo sensorializa
O frio desse momento
E todo o teu sentimento
Se solta em tua pele lisa...

E logo, no teu olhar,
Um ilustre passarinho
Mostra que há um novo ninho
Onde os sonhos vem pousar.

Então, o amor avisa
Que a tua solidão
Sumiu do teu coração
Num simples sopro de brisa.


4 comentários:

  1. Efigênia... até hoje me lembro da aula que meus alunos deram sobre você e do quanto se sentiram felizes por sabê-la minha amiga. Costumo dizer que os nossos melhores amigos nem sempre são os que estão mais próximos ou dentro de uma mensagem ou num e-mail: eles estão eternizados na nossa alma. É assim com você, Efigênia Coutinho: Você vive dentro de mim desde o dia em que as palavras nos apresentaram, o que foi confirmado no fraternal abraço que trocamos em Blumenau. Muitos passam pela minha vida, porém nem todos tem o dom do indelével, como você, Um beijo no seu coração e muito obrigado - de coração - por esta sublime publicação que funde o melhor dos nossos espíritos do bem. Afetuosamente. Luiz Poeta

    ResponderExcluir
  2. Lindo ecantador dueto!.. meu abraço a vocês dois queridos poetas
    Ana Maria Brasiliense (Tullipavermelha)

    ResponderExcluir
  3. Efigenia,duplamente belo...Te abraço

    ResponderExcluir